MIGUEL É JESUS?

No afã de provar que o Senhor Jesus é o arcanjo Miguel, os miguelistas (nome que criamos agora para os que advogam o Jesus/Miguel) externam pelo menos duas afirmações, embora sem fundamento. Eles dizem: 1- O termo arcanjo ocorre apenas duas vezes no Novo Testamento e, em ambos os casos, é singular e precedido por um artigo definido (“o arcanjo – I Tessalonicenses 4.16; Judas 9). Alguns estudiosos concluem a partir disso que o termo é restrito a um único arcanjo – Miguel[1]. 2- Arcanjo. A Palavra de Deus refere-se a Michael “o arcanjo.” (Judas 9 ) Este termo significa “anjo-chefe.” Note que Michael é chamado o arcanjo. Isso sugere que há apenas um desses anjos. De fato, o termo “arcanjo” ocorre na Bíblia somente no singular, nunca no plural. Além disso, Jesus está ligado ao ofício de arcanjo. Com relação ao ressuscitado Senhor Jesus Cristo, 1 Tessalonicenses 4:16 declara: “O próprio Senhor descerá do céu com um chamado de ordem, com voz de arcanjo”. Assim, a voz de Jesus é descrita como sendo a de um arcanjo. Esta escritura, portanto, sugere que o próprio Jesus é o arcanjo Miguel.Uma vez que a palavra – arcanjo, só aparece no singular, significa que há somente um arcanjo[2]. Resposta 1 Vamos seguir o raciocínio dos miguelistas e vermos aonde esse argumento irá chegar. Na Bíblia temos outros personagens citados com o artigo, como, por exemplo: ;(10:31 Ex (Arão sacerdote o – ןֹ֣ ֲה ֹּרַ א ֲֹ֣ רֲהַ א -1 2- אֵ הֲר ֲֹ֣ כַ ה ןה – o sacerdote Eli (1Sm 1:9); ;(4:17 Nm (Eleazar sacerdote o – ןֵ֗ ה ןה ַהַֹּ ֲֹ֣ רֲהֵ א -3 ;(7:1 1Rs (Abiatar sacerdote o – ןֵ֗ ה כהַהַ ֹּ ֲֹ֣ רֲהֶ א -4 Natã profeta o, Zadoque sacerdote o – אהִ֔ בָּ ֲֹ֣ רֲה א נהַהַ א ֲֹ֣ ה הַ כן -5 (1Rs 1:32); ;(4:23 2Rs (Hilquias sacerdote sumo o – לה ה ָּה ַהֲן ֲֹ֣ רֲה א ֲֹ֣ ִהִ֔ל ב -6 (28:13 Nm (Eliasibe sacerdote sumo o – כה֔ה כ ֲֹ֣ רֲהַ א ֲֹ֣ ִהִַ֔ ב ןֵ֗ ה -7 8- כ הל ה ִ֔ ֲֹ֣ הִן – o profeta Gade (1Sm 22:5); 9- כןַ ה ה ֲֹ֣ אַ הַנה – o profeta Natã (2Sm 7:2); 10- כן הל הֲ ֲֹ֣ ה ַןהלה -o profeta Aías (1Rs 1:29); ;(36:1Rs18 (Elias profeta o – ןה ה ַהֲַן ֲֹ֣ ה ה כןֵ -11 ;(12:6 2Rs (Eliseu profeta o – ן ה כ֔ה ַ ֲֹ֣ ה ה כן -12 ;(2:19 2Rs (Isaías profeta o – כהֹ֣֔ב ןה כה ֲן ֲֹ֣ ה הש כן -13 14- כןֶ ה הֲ ֲֹ֣ נהכהשֹ֣נ לה – o profeta Hananias (Jr 28:5); ;(6:37 Jr (Jeremias profeta o – כהֹּה בה כה ֲן ֲֹ֣ ה הש כן -15 16- כן הב הָּ ֲֹ֣ ן בש ֹ֣ לה – o profeta Habacuque (Hb 1:1); 17- כןֵ ה ה ֲֹ֣ כֹ֣ ִַֹ֣ל – o profeta Ageu (Ag 1:1); 18- כן הש הֲ ֲֹ֣ כה הִֹֹּ֖֣ה – ַo profeta Zacarias (Zc 1:1); 19- ὁ ἄγγελος Γαβριὴλ – o anjo Gabriel (Lc 1:26); 20- ὁ βασιλεὺς Ἡρῴδης – o rei Herodes (Mt 2:3); 21- Ἡρῴδης ὁ βασιλεὺς – o rei Herodes (At 12:1); 22- Δανιὴλ τοῦ προφήτου – o profeta Daniel (Mt 24:15); 23- Καϊάφαν τὸν ἀρχιερέα – o sumo sacerdote Caifás (Mt 26:57). Há mais exemplos por toda a Bíblia, todavia os citados já mostram que não há/houve apenas um único anjo; sumo sacerdote; sacerdote; profeta. Assim sendo, o fato da palavra Miguel aparecer com o artigo, não serve para sustentar a ideia que há um único arcanjo. Resposta 2 “Não há referências na Bíblia para arcanjos no plural”. O fato de duma palavra grega estar no singular, não significa necessariamente indicar algo no singular. De acordo com o léxico de Louw-Nida, a palavra ἀρχιτελώνης (architelōnēs) em , que está classificada como nominativo singular, a mesma classificação gramatical da palavra ἀρχάγγελος (archangelos) em (Jd 1:9), significa: …chefe dos cobradores de impostos, no sentido de alguém que controlava a atividade de um grupo de cobradores de impostos – “chefe dos cobradores de impostos, diretor dos cobradores de impostos. […] Também é possível tomar ἀρχιτελώνης no sentido de um principal ou importante cobrador de impostos, e não no sentido de alguém controlava ou coordenava as atividades de outros cobradores de impostos[3]. O que esses estudiosos explicaram? Explicaram que Zaqueu era um dos chefes dos cobradores de impostos a serviço do Império Romano. Havia outros chefes da sua categoria. Zaqueu era chefe apenas da região que atuava, conforme enfatiza A. T. Robertson em seu comentário de Lucas: “Zaqueu era o chefe dos coletores de impostos nesta região, um tipo de administrador dos impostos, que provavelmente tinha outros publicanos subordinados a ele”[4]. Champlin e a Bíblia Arqueológica complementam: Havia duas classes de publicanos: uma superior, formada pelos romanos da ordem“equitator”, que em geral eram os dirigentes do trabalho, responsáveis perante o governo romano; e outra inferior, formada por judeus, que trabalhavam nas vilas e cidades dos judeus. Mateus era um deles[5]. Na república romana, os impostos comuns eram chamados vectigalia, embora um tribute extra chamado tributumtambém podia ser arrecadado. […] Os governantes coletavam impostos para Roma nas províncias e também enriqueciam durante esse processo. […] A tarefa de coletar impostos era delegada a companhias privadas de coletores de impostos chamados publicani ou conductores[6]. Noutras palavras, o que Zaquel era no Império de César, Miguel é no Reino de Deus, um dos chefes dentre outros. Tanto Zaqueu, como Miguel, na Bíblia, tem subordinados, mas também são subordinados: um a César, o imperador, outro a Cristo, O Criador. Portanto, temos uma palavra no singular que hermeneuticamente faz referência a uma pluralidade de indivíduos, evidência esta que desconstrói o argumento dos miguelistas. [1] RHODES, Ron. Angels Among Us. 2008. p. 95. Disponível em: . Acesso em 9 de junho de 2019. [3] Léxico Grego-Português do Novo Testamento. 2013. p. 515. SBB. [4] Comentário em Lucas 19:2. 2013. CPAD. [5] O Novo Testamento Interpretado Versículo por Versículo. 2014. p. 321. HAGNOS [6] 2013. P. 1853. VIDA. ——— Autor: Itard Victor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *