A REDENÇÃO DOS DONS

Já percebeu que muitos artistas famosos da música popular começaram na infância ou adolescência louvando a Deus como coristas ou solistas numa igreja? Muitos que hoje se encontram cantando música pop, fazendo fama e ganhando dinheiro pelo mundo, são filhos e filhas de pastores ou dirigentes de círculo de oração, líderes ou de simples membros de igrejas evangélicas. Quando crianças, foram alvos de muitas orações de seus pais, de professores da EBD e de dirigentes de conjuntos que intercediam por eles, para que Deus os fizesse um instrumento de valor na causa do reino espiritual. O Senhor lhes deus dons preciosos, habilidades incomuns para cantar, compor e tocar um ou vários instrumentos. Alguns chegaram até a gravar CDs evangélicos no passado. Mas, infelizmente, a sedução da fama e das riquezas atraiu estes jovens para longe de seu Senhor, e agora utilizam as capacidades outrora concedidas por Deus para comporem, cantarem e tocarem músicas que enaltecem a bebedice, as drogas, a libertinagem sexual, a rebeldia juvenil, palavras de baixo calão, etc.

É triste ver gente que outrora cantava “Deus cuida de mim na sombra das suas asas”, cantando hoje: “o acaso vai me proteger enquanto eu andar distraído”. É triste ver moças que outrora eram usadas por Deus com muita unção no louvor, hoje falando de “cartas, tarô e búzios” em suas públicações nas redes sociais. Venderam seus dons para Baal! É triste ver rapazes que outrora usavam seu violão para tocar uma linda melodia ao Senhor, hoje sentando-se em barzinhos, à roda dos escarnecedores, para tocar músicas mundanas enquanto os pecadores ouvem embriagando-se às mesas. É triste ver que um dom de Deus foi vendido ao mundo e ao pecado!

Mas um dia Deus tomará esse dom de volta para si. No abismo eterno não haverá música ou som de instrumentos. O famoso sambista Zeca Pagodinho disse que preferia ir pro inferno tocar pagode com o diabo do que subir pro céu pra ficar “tocando harpinha com os anjos”. Não, meus irmãos! No inferno não haverá música, não haverá hino, não haverá canções. Apenas “choro e ranger de dentes” (disse Jesus. Crês nele?). Somente no céu haverá som de canções, somente no céu se ouvirá falar de instrumentos, somente no céu se ouvirá lindas músicas entoadas ao eterno Deus para sempre! Mas ainda dá tempo, Deus deseja redimir o dom que nos foi entregeu, mas que vendemos ao mundo. Deus está hoje nos dando a oportunidade de consagrarmos a Ele o que Ele nos deu. Está nos dando a chance de cantar ao Senhor um cântico novo!

Hoje é o dia – ó tu que me lês agora! – da redenção dos nossos dons e talentos concedidos por Deus!

– Tiago Rosas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *